sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Não passou na prova

A prova da preguiça
Passo pelo Telecine Premium e descubro que os responsáveis pelo canal não fizeram a lição de casa. Lá estava, em letras garrafais ao longo da chamada, o título "À toda prova", com uma baita crase, daquelas de ferir os olhos.

Pessoal, não tem desculpa! Se ninguém pensou na regrinha básica de jogar a expressão para o masculino — "a todo vapor", por exemplo — e mesmo para o plural — "a plenos pulmões" — para verificar que não existe contração de preposição e artigo (no caso, "ao" e "aos"), custava dar uma olhadinha no cartaz do filme?

3 comentários:

  1. Solange, devem ter copiado da revista Domingo. Tava lá assim desse jeito. Crase é até covardia,eu nem reclamo mais. Virou território inóspito. Sobre os telecines da NET: as porcarias da Globo Filmes estão passando no Telecine Premium, que até pouco tempo atrás só apresentava bons filmes. Agora tem lixo da Globo Filmes. Quando começarem a sair no Telecine Cult, cancelo a assinatura da NET.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem vi, Romildo. Aquela revista anda chata que só! A culpa dessa programação de quinta é da Dilma, que obrigou todo mundo a exibir produções feitas aqui. Quantos parentes dela e dos políticos em geral já terão montado estúdios para dar conta da "demanda" inventada pela presidente? Como você, eu não vou pagar uma pequena fortuna pra ver porcaria.

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir