quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Não precisa da preposição?

Ontem não tive tempo de ler o jornal com atenção, por isso só hoje percebi, na primeira página do Globo, o título "O adversário que Mano precisava" e embatuquei.

Afinal, não se usa mais a preposição "de" quando "precisar" tem o sentido de se necessitar de alguma coisa? "Precisar" não dispensa o "de" apenas quando tem o sentido de dar exatidão a algo ou ajustar alguma coisa? Ou a sutil diferença entre "um relógio preciso" e "o relógio de que todos precisamos" (e que até podem ser a mesma máquina) desapareceu do mapa?

Um comentário:

  1. Seus comentários andam cada vez mais precisos, Sol!

    ResponderExcluir